CONTEÚDO
DO CURSO

A importância do oxigênio e a temperatura para os peixes

Os organismos vivos utilizam o oxigênio para a respiração e produção de energia, e os peixes não são diferentes, absorvem o oxigênio pelas brânquias, e se a quantidade de oxigênio não for suficiente sua saúde pode ser afetada causando até a morte. As bactérias nitrificantes também consomem muito oxigênio para decomporem as matérias orgânicas acumuladas na água do lago. Por isso, todo esse consumo de oxigênio deve ser compensado por uma boa aeração e uma boa circulação da água, com artifícios para fornecer maior oxigenação, pelos recursos colocados no lago através de chafariz, cascatas, fontes, corredeiras, etc.

Já a temperatura do lago é uma preocupação a parte, pois uma variação brusca de temperatura na água pode ser muito prejudicial à vida aquática. Cada espécie de peixe prefere uma faixa de temperatura e devemos cuidar para não misturar peixes de temperaturas diferentes no lago, e isso também serve para o pH. Para a criação de espécies mais sensíveis ao clima, podemos então, controlar a temperatura do lago com ajuda de um termômetro que irá medir a temperatura atual da água, evitando assim, colocar peixes que não se adapte a temperaturas incompatíveis ao clima da região.

No curso Mestre dos lagos fornecemos a ficha técnica das espécies de peixes ornamentais com a temperatura de convivência para não ocorrer problemas em escolher na loja o peixe para seu lago. Saiba tudo sobre lagos, aproveite!!!

Se você gostou das informações, compartilhe e ajude a divulgar o curso de Laguismo.

Para adquirir acesse nosso site www.mestredoslagos.com.br